Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio

Aplicador Médio para Criodermis - Medical San

0 Opiniões

Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível
Descrição Geral

O Aplicador Médio para Criodermis - Medical San é utilizado no equipamento de Criolipólise Criodermis tanto na versão Full como na versão Smart, usado para tratamento de gordura localizada e remodelagem corporal. Ideal para regiões de difícil prega adiposa, como culotes, flancos e abdômen superior, oferecendo eficácia nos resultados. A grande vantagem da Criolipólise de placas é permitir a aplicação em pessoas com intensa flacidez, pessoas com hérnia umbilical, diástase abdominal, áreas com gordura muito compacta e culotes. É super leve, fazendo deste equipamento o mais portátil do mercado, com apenas 8 kg.

 

Diferenciais e Benefícios:

  • Acessibilidade: ideal para regiões de difícil sucção pelo vácuo, pois há dificuldade na  prega cutânea, devido ao pouco tecido adiposo;

  • Exclusividade: diferencial no atendimento e no resultado do tratamento;

  • Temperatura: -5 e 40°C, resfriamento por dissipação de calor;

  • Versátil: permite amplo aproveitamento de tempo pelo profissional, e 03 formas de utilização dos aplicadores (M e G);

  • Eficiente: atinge a temperatura ideal, cristalizando os adipócitos da mesma forma que o aplicador côncavo.

 

Informações Adicionais:
 Utilização das placas, só existem 3 formas de utilizar as placas do Criodermis:


1° opção: 6 aplicadores médios:
- 1 aplicador M em cada posição: 1, 2, 3, 4, 5 e 6;
 
2° opção: 2 placas G e 2 placas M:
- 1 aplicador G na posição 1;
- 1 aplicador G na posição 3;
- 1 aplicador M na posição 5;
- 1 aplicador M na posição 6;
 
3° opção: 1 placa G e 4 placas M:
- 1 aplicador G na posição 1;
- 1 aplicador M na posição 3;
- 1 aplicador M na posição 4;
- 1 aplicador M na posição 5;
- 1 aplicador M na posição 6.

 

Conservação:

  • Evite locais sujeitos a vibrações;

  • Evite ambientes úmidos, quentes e empoeirados;

  • Não bloqueie a ventilação;

  • Em caso de armário embutido, certifique-se de que não haja impedimento à livre circulação de ar na parte traseira do aparelho;

  • Não introduza objetos nos orifícios do dispositivo;

  • Desligue o equipamento da fonte de alimentação para limpeza;

  • A limpeza do gabinete e os acessórios podem ser realizada utilizando pano umedecido com detergente neutro;

  • O procedimento de limpeza deve ser realizado sempre que necessário. A Medical San sugere a limpeza semanal do equipamento e o aplicador deve ser limpo após cada sessão de tratamento;

  • Não coloque o equipamento, ou cabos, em líquidos;

  • Limpar o transdutor todo fim de sessão, recomendamos o uso de álcool com um pano seco;

  • Não é necessário esterilizar nenhuma parte ou peça para o uso deste equipamento.


Observação: 
Calibração: o equipamento deve passar por manutenção periódica anual para minimizar desgastes ou corrosões que possam reduzir suas propriedades mecânicas dentro do seu período de vida útil.

 

Ficha técnica
Código 1967
Estoque 0
Categoria Aparelhos
Marca Medical San
Itens Inclusos 01 Aplicador médio para Criodermis.
Indicado para
Contraindicado
Registro Anvisa
Especificações Técnicas

Indicações:

  • Tratamento de gordura localizada;
  • Modelagem não-invasiva do contorno corporal;
  • Indicado para o tratamento de gordura localizada em regiões de díficil sucção, como: culotes, flancos e abdômen superior. 

 

Efeitos Fisiológicos:

  • Cristalização dos lipídeos: extração de temperatura que induz à cristalização da gordura contida nos adipócitos. Esse efeito dispara a morte celular dos adipócitos, que são muito mais susceptíveis ao frio que as demais células da pele e do tecido subcutâneo. Os efeitos induzidos pela cristalização são irreversíveis;
  • Lesão por reperfusão: dano tecidual causado quando o fornecimento de sangue retorna para o tecido após um período de isquemia ou falta de oxigênio. A dinâmica entre estase vascular e a reperfusão tecidual induz a produção de ROS (espécies reativas de oxigênio). A ausência de oxigênio e nutrientes do sangue durante o período de resfriamento cria uma condição na qual o restabelecimento da circulação resulta em inflamação e dano oxidativo por meio da indução do stress oxidativo, em vez da restauração da função normal;
  • Paniculite inflamatória: o processo inflamatório causado nos adipócitos pela cristalização (e subsequente reperfusão) se reflete no fluxo de células inflamatórias que pode ser observado por volta do 3º dia após o tratamento e apresenta pico aproximadamente no 14º dia, com a presença de infiltrado contendo histiócitos, neutrófilos, linfócitos e outras células mononucleadas;
  • Gradual remoção dos resíduos celulares por fagócitos: entre o 14º e o 30º dia pós-tratamento, macrófagos e outros fagócitos envolvem e digerem as células adiposas como parte de uma resposta natural à injúria;
  • Diminuição do número de adipócitos e remodelagem corporal: 4 semanas após o tratamento, a inflamação e o volume de adipócitos diminuem. Entre 2 a 3 meses depois do tratamento, os septos interlobulares se espessam e o processo inflamatório desaparece.